11 de mai de 2010

Futebol Moderno atinge a Seleção Brasileira.


Fugindo do assunto CORINTHIANS, só por um instante...

É amigos o futebol moderno está aí, grande tendência que assola os clubes, mais vejam só, não apenas os clubes, a seleção também.

Sai a lista de Dunga para a Copa do Mundo, um show de horrores.

Criticamos tanto o Mano Menezes pelo seu estilo retranqueiro, bundão de escalar o Corinthians e vejam vocês a Seleção o que virou. A Seleção que deveria ser o reduto dos craques da bola, já diziam a algum tempo que era marcada pelos interesses da Nike, só que dessa vez nem a Nike seria capaz de tal atrocidade.

Posição por posição:

Júlio César
Doni (sim ele mesmo o que jogou no Corinthians)
Gomes

Maicon
Daniel Alves
Lúcio
Juan
Luisão
Thiago Silva
Michel Bastos
Gilberto

Gilberto Silva
Felipe Mello
Josué
Kléberson
Ramires
Elano
Julio Baptista
Kaká

Luiz Fabiano
Robinho
Nilmar
Graffite

Esse time aí vai viajar para a África em busca do Hexa, vejam só, numa Seleção Brasileira, quantos desses jogadores são MEIAS? Apenas Kaká, todos os outros são volantes, algum desses aí em melhor fase que Elias? Nenhum.

E Káká não é o meio clássico, que arma, que cria, que deixa o atacante na cara do gol, Kaká é rápido, forte, habilidoso, de bom chute, mais não se pode comparar com aquele camisa 10 de enxer os olhos, Kaká jogaria com a 7 na minha Seleção ideal para o momento.

Ou Seja, a Seleção Brasileira que nunca se destacou pela defesa vai a África do Sul com um único meia e vários jogadores que ocupam a posição de Segundo Volante, alguns até tem tarimba de fazer um passe em profundidade, um lançamento, de chegar ao ataque como elemento surpresa, mais nenhum desses falsos meias que o Dunga convocou desequilibram jogo, alguns passam por péssima fase, Julio Baptista não é meia, é volante e é reserva no Roma, Elano joga na Turquia ou seja, Josué veterano, Gilberto Silva joga na Grécia também é veterano, Ramires fez ótimos jogos pelo Cruzeiro porem o que títulos conquistou? Na partida mais importante do Cruzeiro com ele, Final da Libertadores ele sumiu em campo, foi anulado pelo veterano Verón. Kléberson a uma semana atrás era reserva de um junior recém promovido no meigo.

As unanimidades desta seleção são o goleiro titular, os dois laterais direitos, a zaga, o Kaká e os atacantes com ressalvas, eu não levaria o Robinho não, um jogador que não consegue ser titular no Manchester City não em capacidade de ser titular da seleção.

Vejam amigos esse é o futebol moderno, poda-se a habilidade a capacidade de jogar com maestria, com genialidade, por jogadores médios, obedientes e de marcação.

Seleção Brasileira que já teve jogadores como Pelé, Tostão, Falcão, Sócrates, Rivellino, Romário, Zico.. Hoje tem Josué, Felipe Mello, Julio Baptista, Elano..

Que Beleza.



Um comentário:

Luana Rocha disse...

Oi Bruno.

Sinto falta das suas visitas no meu blog. rsrsrs


Falando sobre o assunto da postagem,olha meu amigo,eu não torço pra seleção há um bom tempo,por vários motivos.

Primeiro:Essa seleção é tão familiar pra mim quanto a seleção dos Estados Unidos ,ou seja,quase nada.
A maioria desses caras quase ninguém conhecia,não tem como criar identidade.

Segundo:Acho esse patriotismo muito fajuto,as pessoas deviam pintar a cara de verde e amarelo no dia das eleições.

Terceiro:O Galvão Bueno(com seu ufanismo excessivo) e a Globo me dão nervoso.

Quarto:Torcer por Robinho,Josué,Julio Batista e mais um bando de bambis não dá.
Ah,é claro,sem falar dos brucutus,como Felipe Mello.


Quinto:Minha seleção há muito tempo é o Corinthians.

agora,uma ressalva,nunca fiu muito fã do Dunga não,mas confesso que ele subiu bastante no meu conceito após fazer o que fez ,deixar as malinhas da Vila de fora ,indo contra a imprensa e a boiada que ela conseguiu convencer de que Neymala e Gansinho são craques sem igual.

Abçs